Notas de Amor – no. 3

em

à noite
todos os corpos
são
pardos

à noite:
corpos
que imitam cavalos

ritmicafrenéticacompulsiva
mente
abre
fecha
]entre[dentre]dentes[
espaç(orifício)dentro
foraberturacircular
dedosbucetapertadinhadeladedos
tra(n)s(a)configur
ação
mimesejoiotrigojunto
-mistura
do
(in)
)out(
possível-

acor
dada
ela sonhou
com o sono compartilhado:
corpo de delito do amor.

Anúncios

2 comentários Adicione o seu

  1. Mara faturi disse:

    Sono compartilhado é bom, assim como sonho…assim como sua poesia;)
    bjo

  2. Assis de Mello disse:

    Muito legal seu blog, Bea. Adorei este poema, sua apresentação e as pupilas dilatadas.
    Vou seguir o seu blog.
    Um beijo,
    Chico

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s