ano um E A EXPERIÊNCIA DA MORTE VIOLENTA

Quando interrogado sobre o que faria se fosse sua cria, o inumano bestamente respondeu:
“Não tenho filhos”. 
 

ano  um

E    S    P    E    C    I    A    L 

homenagem

—————–

joão de abreu borges  

Heliosol 

existe alguma diferença
entre essa criança
que morre como um anjo
em forma de João Hélio
arrastada por um carro 

(nenhuma dor é tão dura) 

e o escarro da ditadura
no cano de descarga
aberto sobre a esperança
na boca de Stuart Angel? 

homenagem

Angélica
Chico Buarque

Quem é essa mulher
Que canta sempre esse estribilho?
Só queria embalar meu filho
Que mora na escuridão do mar

 Quem é essa mulher
Que canta sempre esse lamento?
Só queria lembrar o tormento
Que fez meu filho suspirar

Quem é essa mulher
Que canta sempre o mesmo arranjo?
Só queria agasalhar meu anjo
E deixar seu corpo descansar

Quem é essa mulher
Que canta como dobra um sino?
Queria cantar por meu menino
Que ele não pode mais cantar

____________________________________________________________________________

– definitivamente a sociedade, doente, escarra tantas vezes na boca que lhe beija.

Cada vez mais. Cada vez por menos…
Sem mais.
Nada.- 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s