Grãos

em


Hoje
construi
castelo
na areia.
Queria que o mar
viesse
buscar…

Mas quem soprou
foi
o vento
e os grãos
que se perderam de mim
nunca mais
foram os mesmos.

Anúncios

3 comentários Adicione o seu

  1. virna disse:

    adorei a versao nova do por um triz. estou com o claudio daniel -chega de artistas-celula mesmo. otimo encontrar por aqui a ana cristina.
    um beijo

  2. Anita disse:

    Beatriz, estamos unidas e linkadas no mesmo grito. E que venham todos os ventos!
    Gde beijo!

  3. Celso disse:

    Um belo poema. Primeira vez aqui, mas gostei muito do espaço.

    Realmente é preciso algo mais com o que nos envolver, além dos nossos escritos, sob o risco de virarmos plágios de nós mesmos, ou meras caricaturas sociais.

    Saudações

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s